Palavras

 

Não consigo escrever algo aceitável.
As palavras estão cá, navegam na minha mente mas não são capazes de se ordenar de uma forma coerente.
Quero deitar cá para fora o que me oprime o peito, que me corta a respiração e a inspiração.
Não sei se é saudade, medo, revolta. Não sei , não sei.
Esta ignorância é pantanosa e afunda-me numa onda de interrogações. O que será?Perdi  a capacidade de sentir o que escrevo? Perdi a capacidade de sentir?
Para o bem e para o mal sei que não perdi a capacidade de sentir. A escrita há-de regressar.
“Em palavras expressar o coração, para poder salvar a mente.”

 

música: Se eu mandasse nas palavras - Mariza
publicado por Alexandra às 09:55
link do post | comentar | favorito