...

Devo-me ter perdido em qualquer ponto da minha vida. Sinto-me perdida, não sei onde estou ou qual é o meu rumo.

Tracei metas, mas não sei qual foi a base para as definir. Concentro-me em tentar alcança-las mas quando paro por momentos pergunto-me porque faço isto, porque sigo estes caminhos.
Por outro lado, quando paro, a maioria das vezes sinto uma leveza inexplicável. Quase como se afinal fosse esta a minha rota.
Mas para sentir que algo não está certo, tem de haver alguma coisa mal. Talvez esteja a concentrar-me demasiado num assunto e esteja a descurar outros. Talvez porque agora a vida é só trabalho e a parte pessoal está a ser deixada de lado. Talvez porque quando tento imaginar como vai ser o futuro só consigo vislumbrar trabalho e solidão.
Tento viver um dia de cada vez para não desesperar. Não, isto não pode ser assim para sempre, dê lá por onde der.
Vou ter de arranjar tempo para viver...
música: Já me deixou - Mariza
publicado por Alexandra às 19:06
link do post | comentar | favorito